sábado, 6 de abril de 2013

Fruta do Conde


Hoje comi no lanche da tarde...
É a fruta favorita dos meus pais...
O pé aqui do quintal de casa ta carregadinho...
E...
Ah! Acho ela tão linda! Hehe

Então, resolvi pesquisar sobre ela!

 

Vamos lá...

Origem

A fruta-de-conde pertence a das Anonáceas.  A graviola também pertence a esta família  não é de admirar a suas semelhança desta duas frutas. A fruta-de-conte é produzida da arvore chamada ateira, e sua origem é das Antilhas, foi  aclimatada muito bem no Brasil. Essa fruta em algumas regiões é conhecida como pinha, condessa e no Nordeste leva o nome de ata.

A fruta

A polpa é formada por gomos com sementes compridas, pretas e lustrosas recobertas por uma massa branca ou creme, doce e  sem acidez. É macia, granulada, perfumada e muito saborosa.

Nutrientes

A fruta-de-conde ou pinha é rica em vitaminas do complexo B como a B1, B2, B3 e vitamina C (Ácido ascórbico) e alguns dos mais importantes minerais como o cálcio, ferro e  fosforo. E ainda ajuda no combate a desnutrição, anemia, espasmos, colite cronica, caspa  um poderoso fortificante do estômago e intestino. Da pinha ou fruta-do-conde podemos tirar proveito de quase tudo, sendo importante o uso das folhas, fruta  bem como a casca e as sementes.

Calorias

Uma Fruta do Conde (180g) contém 128 calorias


Não recomendada

É ruim para pessoas que fazem regime por ser rica em açúcar e consequentemente, muito mais calórica do que a maioria das frutas.

Pinha

Tá aí o erro!
Aff!!! heheh 
Por isso que não está na lista das frutas permitidas em minha dieta!!!

Dicas para comprar

 

Prefira as que tenham coloração verde-clara, quando for consumi-la imediatamente. Não compre as que estiverem escuras, rachadas, moles e/ou mofadas. Se preferir comprar ainda verdes, guardar para amadurecer e consumir depois, deixe-as em local arejado, longe da luz natural ; se quiser que amadureçam mais rapidamente, embrulhe-as em jornal até que fiquem macias.

Dicas para consumir


Ao natural, em sucos, doces, purês (para usar em pratos salgados), sorvetes, musses, suflês , etc. uma boa dica é usar uma pequena colher , afastando as sementes. Para preparar pratos, use uma peneira, a fim de separar as sementes da polpa. Se preferir usar o liquidificador, é preciso ligar e desligar alternadamente, pois poderá esmagar as sementes, o que deixaria a preparação amarga.

Receita de Pudim de Fruta do Conde (Clique aqui!)


Resumo Para o Uso Terapêutico

Anemia – Embora a pinha não seja muito rica em ferro, mesmo assim tem vantagens nas dietas de anêmicos juntamente com outros alimentos rico e ferro, dada sua riqueza em vitamina C.

Cãibras, Convulsões, Espasmos – Chá das folhas. Tomar varias vezes ao dia.

Caspa – Aplique no couro cabeludo o macerado das sementes misturado com álcool.

Colite – Decocto das folhas, fruta verde e casca. Tomar varias vezes ao dia.

Debilidade geral, Desnutrição – Recomenda-se inclui a fruta-de-conde na dieta.

Estômago, Intestino – Para fortalecer é necessário tomar várias xícaras (chávenas) ao dia do chá das folhas da fruta-de-conde.

Vómitos - Para provocar vómito  usa as semente moídas e misturada com suco de limão.



Esse é um vídeo bem legal sobre a Fruta do Conde:


Fácil, rápido e dinâmico!!! Vale a pena assistir!!!!



Fontes:

Espero que tenham gostado do post!
Um grande beijo
e boas energias
Juçara


13 comentários:

  1. Amo essa fruta! me lembra a jaca...rs.
    Mas muito doce mesmo.

    ResponderExcluir
  2. adoro fruta do conde...tudo de bom ter no quintal....nem ia ligar para calorias...ehhehe....bjs

    ResponderExcluir
  3. Ahhh que legal, praticamente especialista em fruta do conde :)

    ResponderExcluir
  4. Oi JujuQuinha, conhecendo agora o seu cantinho e com tantas informações sobre essa delícia. Obrigada pelas dicas! Beijos

    ResponderExcluir
  5. Amoooo, boa dica... valeu a aula bjusss passa a receita para tia fazer tbem. bjos

    ResponderExcluir
  6. na minha casa tem um pe dessa deliçia de fruta.

    ResponderExcluir
  7. Bons tempos....Fugia da aula para comer pinha.....Saudade
    https://www.facebook.com/agenciaeiffel

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. É realmente uma fruta maravilhosa, mas convém investigar melhor quanto ao uso da semente, pois soube que á altamente tóxica.

    ResponderExcluir
  10. Desculpe mas essa não é furta do conde, essa é a pinha, diferente no formato e no sabor.A pinha é bastante doce, tem muitas sementes, fruta do conde tem casca lisa, poucas sementes e não é tão doce. Quintal da minha mãe no interior tem as duas.
    ângela

    ResponderExcluir